segunda-feira, novembro 21, 2005

Notas de Imprensa: Sahara Times, The Times of India e Herald Goa

Desde que chegamos que os jornais tem sido uma presenca constante e inestimavel. Por um lado, auxiliam a passar as longas horas que por vezes temos de gastar ah espera do transporte para a etapa seguinte (eh pelos restantes posts ja devem ter percebido que podem ser varias e longas horas...). Mas talvez mais importante que isso eh a visao que nos permite ter da India, conhecer melhor os costumes e tradicoes, os casos de policia, as questoes politicas, as tensoes sociais. O semanario Sahara Times ja ganhou o posto de jornal preferido. Nao eh tao espesso como o Expresso, portanto mais facilmente transportavel, esta escrito num ingles escorreito e muito compreensivel para nos, e tem suplementos para varios gostos. Eh impossivel fazer uma descricao de todas as seccoes. Os destaques vao para o acompanhamento do mafioso que foi extraditado de Portugal (com artigos que contextualizaram bem o caso), o enorme espaco dedicado ao cricket (eh mesmo uma paixao neste pais), o suplemento Vanity Fair que relata as noticias e as coscuvilhices de Bollywood (assundo que vai merecer um post separado) e um especial sobre o dia das criancas que trazia muitas e interessantes reportagens sobre o que eh ser crianca da india, desde os meninos de familias de classe media e classe alta, ash criancas que vivem nos bairros de lata, se prostituem, ou trabalham de outras formas para sobreviverem. Ficou na memoria a historia de um rapaz de 12 anos, agora a viver sozinho em nova delhi (a familia eh de uma aldeia distante) que trabalha numa banca de chai (cha), faz turnos de 12 a 13 horas, e recebe um ordenado de 900 rupias (cerca de 18 euros) mensais mais 20 rupias diarias (menos de 50 centimos) para gastos varios. O que impressionava verdadeiramente era o discurso adulto, confiante, pragmatico, das criancas. Uns que gostavam de ser criancas, outros que gostavam de trabalhar, e todos a realcarem a relacao com as maes. O suplemento especial falava ainda de projectos fantasticos, como aquele que criou um banco gerido por criancas e que financia projectos de criancas que querem lancar os seus negocios e assim fugir da prostituicao ou da mendicidade.O Times of India, diario, tem servido para conhecer melhor as questoes sociais diarias do pais, desde as manifestacoes contra o corte do fluxo do Ganges em certas partes do Uttar Pradesh, ate aos casos de policia que em outras paragens podem nao ser noticia num jornal "serio" (filho que manda matar a mae, por exemplo). O jornal tem ainda alguns belissimos colunistas que falam sobre a emancipacao da mulher (parece que ha ai uma tenista indiana que professa o islamismo mas que nao se impede de conjugar uma imagem sexy com uma imagem tradicional), os avancos da nacao, os faitdivers do dia a dia.Finalmente, ja em Goa, compramos o Herald, tambem diario. E a maior surpresa de um jornal menos pujante do que o Times of India (eh muito localizado), eh a quase ausencia do "socialite" e as paginas gastas na seccao de desporto com o... futebol. Este eh mesmo um cantinho ah parte, onde o jogo dos 22 tipos a correrem atras da bola ainda parece fazer correr mais tinta do que os crickets britanicos. Senti-me quase em casa, maravilhado com a leitura da festa que os australianos fizeram ao serem apurados para o Mundial da Alemanha ou da magnifica passagem da seleccao de Goa (cuja maioria dos jogadores tem apelidos como Menezes, Albuquerque, e outros que tais) ah meia final num torneio inter-estadual. So por isso nao resisto a dar o resultado: Herald 1, Times of India, 0 (o Sahara eh de outro campeonato...). Golaco! [PMM]

7 Comments:

At 3:57 da tarde, Blogger post_it said...

Amigo PM, ja tinha pensado que andavam sempre bem acompanhados com os jornais da regiao e tinha-me ocorrido perguntar: e novidades :- )
Nao posso deixar de ver uma lacuna grande nos pasquins ai do burgo pelo que para teu contentamento ca vao os resultados desta semana: Sp. Braga 3-2 Benfica ; Penafiel Penafiel 0-1 Sporting ; F.C. Porto 5-1 Académica.
Ou seja: 1.Sp. Braga; 2.FC Porto; 3. Nacional; 4. Sporting; 5.V. Setúbal; 6. Benfica; 7. Boavista.

De resto... continua a campanha para as presidencias (triste, triste)! Marocas ta caduco; Cavaco comete gafes, mas fala tao pouco que nem se da por ele, Alegre, Jeronimo e Louçã... a apanhar os restos! Mas isto sao opinioes!

Voltou a chover! Os portugueses estao mais carrancudos, mas la vao dizendo: eh tempo dela! eh tempo dela! (Seja la quem ela for :-)

beijinhos amigos!

 
At 3:59 da tarde, Blogger Xana Balao said...

Ola meninos. Estou a adorar ler os vossos testemunhos. Ainda vai dar livro. Beijinhos a ambos. Mta sorte!! XB

 
At 6:24 da tarde, Blogger zorro said...

É reconfortante, mas estranho, perceber como esse doido chamado futebol torna as fronteiras invisíveis. Aí sim, e o desporto do povão! Abaixo o cricket!!

Muito interessante esta ronda para quem cabulou comunicação social e tb gosta sempre de comprar jornais no estrangeiro.

E vivó futeboliii!!!

 
At 5:31 da manhã, Blogger av_pm said...

Obrigada Xana!
Ja me tinha perguntado por onde andas tu, amiga! Recebeste a mensagem de parabens?
Beijinhos,
AV e PM

 
At 5:40 da manhã, Blogger av_pm said...

Claudita e Zorro,
Vou ja propor ao Herald que aceite o PM para correspondente do futebol portugues!
Beijos,
AV

 
At 10:38 da manhã, Anonymous Pat said...

Queridos Amigos!

Depois de ler o vosso post, fico a pensar como nos podemos andar sempre a lamentar... Apesar de todo a mística e encanto, esse país imenso alberga uma pobreza enorme. Como sempre são os mais pequenos os que mais sofrem:(
Beijos
Pat

 
At 9:39 da manhã, Blogger av_pm said...

Querida Pat,
Este pais eh grande e imenso em todo os aspectos! Temos que contextualizar todas estas experiencias que nos vao acontecendo... pois isto eh tudo normal aqui, nos eh que estamos habituados ah organizacao ocidental :) Espero que estejas bem!
Beijos grandes

 

Enviar um comentário

<< Home